Ipê Amarelo um Poema de Dora Tavares

12:00

Ipê Amarelo um Poema de Dora Tavares, textos, poemas

IPÊ AMARELO

Dentre a relva,
ainda queimada pelo frio,
ressurgem os ipês,
magníficos, por toda parte.
Generosos,
atapetam o chão,
com seu ouro em cálices:
- uma tela -
sem assinatura,
que se expõe
sem expectador,
uma pintura.
Uma explosão de cor
que se engalana no tempo certo.
Majestoso,
ele se seculariza numa sucessão
de infindáveis primaveras.
Depois se disfarça,
entre verdes iguais,
para guardar,
mais uma convocação
da mãe natureza.


Dora Tavares.

Fonte: https://www.recantodasletras.com.br/poesias/1909882

Espero que tenham gostado. Beijos e até a próxima!

Me Acompanhe também:


Você também poderá gostar:

0 comentários

Seu comentário é sempre bem-vindo!

- Dê sua opinião sobre o assunto, me conte o que achou do post, Me diga o que acha do blog!
- Você pode também fazer criticas construtivas.
- Caso queira, deixe o link do seu blog no final do comentário, e com certeza farei uma visitinha lá.
Volte Sempre!

Últimos Posts

Traduzir

Eu Participo

Eu Sou do CBBlogers
Agenda dos Blogs - Blog de divulgação de blogs
Trends Tops Agregador de Links