Mostrando postagens com marcador Poesia. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Poesia. Mostrar todas as postagens
22 de outubro de 2018

Lindos Poemas Sobre as Orquídeas

Lindos Poemas Sobre as Orquídeas

Bom dia pessoal, como estão? Hoje eu trago lindos poemas e poesias sobre as Orquídeas! Estava navegando pelo site O Pensador e me deparei com esses lindos textos de vários autores, espero que gostem de alguns que trouxe aqui.


"Por influência de minha mãe, sou apaixonada por orquídeas...

Olho para as rosas e são lindas... Mas, ao mesmo tempo, sua beleza não me cativa. Não fico olhando para rosas, cobiçando-as... Me é indiferente recebê-las...

Porém... Ao olhar uma orquídea o meu desejo imediato é levá-la comigo.

Sua beleza é subjetiva, não se mostra ao primeiro olhar, 
a menos que a ames. A beleza da orquídea tem um quê de misterioso, é preciso apreciá-la para achá-la bela.

Orquídeas são exóticas, selvagens e independentes. Elas crescem agarradas a outras plantas sem prejudicá-las...
Dão flores apenas se o local e o ambiente forem de seu agrado.

São voluntariosas e cheias de caprichos. Estão constantemente a nos dizer: faço as coisas do meu jeito."



"Paciência e cuidado são coisas fundamentais em nossas vidas.

Todos quando veem a linda flor de uma orquídea, admiram a sua beleza, mas poucos sabem que ate ela liberar a primeira flor, é preciso muita paciência e cuidado, se você tiver paciência e cuidar bem, será retribuído com um linda flor. são três anos de dedicação e muita paciência. E isso vale para tudo na vida, tudo tem seu tempo!. "



"Orquídeas 
Hoje perdi uma flor do meu jardim, acho que murchou, acho que morreu. Será culpa do frio? Será que o frio sou eu? A flor era tão linda, tão linda e se perdeu. Esqueceu-se de tudo, esqueceu quem lhe colheu. Acho que o frio sou eu. Cada pétala era ouro, cada flor é um tesouro. Qual a flor preferida? Será que são minhas orquídeas? E a culpa é de quem?"



Espero que tenham gostado, um beijo e até a próxima!

Me Acompanhe também:


25 de dezembro de 2017

Alma Negra, Um Poema de Átila Siqueira

Alma Negra, Um Poema de Átila Siqueira


Um pequeno poema de Átila Siqueira - Alma Negra

Minha alma é má,
É negra, é triste,
Sente dor.
Sente falta
Do teu amor.

Minha alma é negra
Como uma triste flor,
Que resiste ao inverno,
Seca, murcha, triste,
Solitária, melancólica,
E vivendo
Uma grande dor.

Minha alma
Tornou-se má,
Tão quanto frio
Tornou-se
Meu coração.
Quando tentava
Provar-te meu amor.
Quando tentava
Provar-te
Minha devoção.

Minha alma
É um poço escuro.
Uma caverna
De solidão.
Um abismo frio
E sem vida.
Um lugar remoto
De dor e desilusão.

Assim é minha alma,
Envolta em neblina densa.
Envolta na neblina da paixão.
Cega por um grande amor.
Mergulhada em uma
Grande escuridão.

Essa é minha alma negra,
Que um dia foi branca,
Como as nuvens
De um dia de verão.
E que escureceu
Por perder as esperanças.
Escureceu por viver na solidão.
Escureceu pela vida sem amor.
Escureceu pela falta de emoção.

Essa é minha alma negra,
Mais negra
Que a própria escuridão.
4 de setembro de 2016

Dica de Leitura: Poema Sou Como as Tulipas

flores, tulipas, como cultivar tulipas, poema de flores, flowers

Quando se fala em Tulipas, logo vem a imagem da Holanda, não é? Mas uma grande curiosidade que muitos não devem saber é que ela é originária da Ásia Central. 

Atualmente, já foram catalogadas aproximadamente 100 espécies de tulipas, além de centenas de tipos híbridos. No passado, ela era uma planta considerada muito valiosa pelos turcos e só poderia ser plantada em jardins reais. 

As tulipas também são associadas ao poder e prestígio, e além de tudo, são flores muito bonitas. E para ilustrar essa beleza, deixo com vocês um desenho de minha autoria e um lindo poema de Mone Uezo. Espero que gostem.


flores, tulipas, como cultivar tulipas, poema de flores, flowers

Sou como as tulipas


As tulipas invadem meus olhos com
Cores fortes e surpreendentes
Linda flor que à brisa se entrega
Em uma dança suave por conta do vento,
Vento esse que espalha o cheiro
no ritmo da dança da Vida.

Sinto-me livre como uma folha ao vento,
Tão livre como o próprio vento.
E não existe nada mais valioso do que a liberdade
De amar e ser amada.

Sou como as tulipas de cores
Variadas e bastante exóticas
Que estava à espera do vento
Da noite para me trazer
Até você, mas ele não apareceu
Por isso atrasei-me
Mas cheguei e estou na sua vida.

Fui como as tulipas
Que bailavam ao vento,
Molhei os dedos, Criei rios, Mares, Oceanos…
Possui todas as cores sem ser nenhuma delas
fui apenas furta-cor.

Vaguei no meu barco de papel.
Dei corda ao relógio...
Porque eu vivi com o cheiro do sol,
E com a luz do luar
Brincando com o vento. ...

As tulipas vermelhas são o mais associado
Com amor verdadeiro que encontrei em teus braços
Por isto gosto tanto delas
O significado principal da tulipa é o amor perfeito,
Que encontrei em você.

As tulipas sempre dão um sentido
E vida ao verdadeiro amor
Como o nosso grande e inesquecível
Encontro de almas.

Mone Uezo

Um grande beijo e até a próxima! 

Me Acompanhe também:

Quem Sou Eu

Beatriz, 34 anos, Aquariana, viciada por batons, fotografia, livros, viagens, moda e tudo que envolva este universo feminino. Maiores sonhos: Viajar e conhecer novos lugares!

Arquivos do Blog

Facebook

@b_shainavisualdesing

Pesquisar

Google+ Badge

Seguidores

Favoritos

Visualizacoes

Onde me Encontrar

Follow


Me Siga no Instagram @biashaina