Mostrando postagens com marcador playlist de musica. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador playlist de musica. Mostrar todas as postagens
12 de novembro de 2018

5 Músicas que Marcaram Minha Adolecência

5 Músicas que Marcaram Minha Adolecência

Olá pessoal! Como estão? E hoje é dia de relembrar algumas músicas que marcaram minha adolescência, além de resgatar algumas músicas, ouvi-las sempre me traz boas lembranças. Então vamos às 5 músicas que me marcaram e até hoje eu adoro! 

1. Woman in Chains - Tears for Fears: 

Me lembra uma época que eu não entendia nada de inglês, mas achava a música linda. E mesmo sem entender a letra, o sentimento que ela me passava era de alguém desejando algo melhor ou se libertar de algo, depois fui procurar a letra e é bem isso mesmo! 



 2. Zombie - The Cramberries: 

Outra que eu não entendia nada da letra, só o Zombie, mas me sentia a própria roqueira ao escutar essa música! Do tipo a pessoa que começa calma e pacata e se transforma! 



 3. Silent Lucidity - Queensryche: 

Essa é uma música que me faz viajar no tempo e sonhos, acho ela uma música mágica que mexe com meus sentidos. A letra dela traduz isso muito bem!



 4. Don't cha - The Pussycat Dolls: 

Se tem uma música que mostra minha fase estou me sentindo a gatona, é essa, mas já foi e ficou apenas a música para curtir . 



 5. Going Under - Evansescence: 

Sempre gostei do estilo do Evanescence, acho essa música libertadora!




Então é isso, pessoal! Vocês se lembram dessas músicas? Gostaram da minha seleção? Se bem que eu tenho muito mais músicas marcantes além dessas, mas isso é história para outro post! Espero que tenham gostado, um beijo e até a próxima! 

Me Acompanhe também:
10 de setembro de 2018

Dica de Música: Florence and The Machine

Dica de Música: Florence and The Machine

Oi Pessoal, Como estão? Estou eu aqui novamente trazendo para vocês, mais uma super banda que eu curto bastante a Florence and The Machine. Vocês conhecem? Se não vamos saber um pouco mais sobre ela. 

Florence and the Machine (estilizado como Florence + the Machine)[1] é uma banda britânica de indie rock, liderada pela vocalista Florence Welch, com a contribuição dos musicistas Isabella Summers, Tom Monger, Robert Ackroyd, Christopher Lloyd Hayden, Mark Saunders e Rusty Bradshaw. Desde que surgiu, a banda foi muito bem recebida pela mídia, e então emergiu lentamente para o sucesso mainstream.

Florence and The Machine, dicas de música, músicas, biashaina


O álbum de estreia da banda, intitulado Lungs, foi lançado em 6 de julho de 2009 e foi um enorme sucesso comercial na Inglaterra.[2][3] Em outubro de 2011, Florence lançou seu segundo álbum, Ceremonials, que estreiou em primeiro lugar no Reino Unido e em sexto lugar nos Estados Unidos.[4] Em 29 de maio de 2015, a banda lançou seu terceiro álbum de estúdio, How Big, How Blue, How Beautiful, que, asism como o seu predecessor, estreou no topo das paradas britânicas[5] e foi o primeiro da banda a atingir o topo da Billboard 200 nos Estados Unidos.[6]

O som de Florence and the Machine é descrito como uma combinação de vários gêneros, incluindo rock e soul.[7] Lungs venceu o prêmio MasterCard British Album award no BRIT Awards de 2010. No 53º Grammy Awards, recebeu uma nomeação na categoria Artista Revelação.[7] Pelo álbum Ceremonials, a banda foi indicada ao Grammy de Performance Pop Duo ou Grupo, pela música "Shake It Out", e Melhor Álbum Vocal de Pop.



Eu particularmente, adoro a voz da Florence Welch, acho gostosa de escutar e inconfundível, e a banda tem um som inconfundível, escutando apenas uma vez, você consegue identificar em qualquer lugar depois.

Agora uma das músicas que eu adoro:


Rabbit Heart (Raise It Up)

The looking glass, so shiny and new
How quickly the glamour fades
I start spinning, slipping out of time
Was that the wrong pill to take?
(Raise it up)

You made a deal
And now it seems you have to offer all
But will it ever be enough?

(Raise it up, raise it up)
It's not enough
(Raise it up, raise it up)
Here I am, a rabbit-hearted girl
Frozen in the headlights
It seems I've made the final sacrifice

We raise it up this offering
We raise it up

This is a gift, it comes with a price
Who is the lamb and who is the knife?
Midas is king and he holds me so tight
And turns me to gold in the sunlight

I look around but I can't find you
(Raise it up)
If only I could see your face
(Raise it up)
I start rushing towards the skyline
(Raise it up)
I wish that I could just be brave

I must become a lion-hearted girl
Ready for a fight
Before I make the final sacrifice

We raise it up this offering
We raise it up

This is a gift, it comes with a price
Who is the lamb and who is the knife?
Midas is king and he holds me so tight
And turns me to gold in the sunlight

Raise it up, raise it up
Raise it up, raise it up

And in the spring I shed my skin
And it blows away with the changing wind
The waters turn from blue to red
As towards the sky I offer it

This is a gift, it comes with a price
Who is the lamb and who is the knife?
Midas is king and he holds me so tight
And turns me to gold in the sunlight

This is a gift



E agora, para conhecer mais as outras músicas da banda, você poderá curtir pelo Spotify!


Bom, por hoje é só! Espero que tenham gostado, um beijo e até a próxima!

Me Acompanhe também:
7 de maio de 2018

Dica de Música - Still True por Feist

Dica de Música - Still True por Feist, músicas internacionais, músicas online, dicas, dicas para blogueiras

Olá pessoal, como estão? Estamos aqui para mais um post de música, e hoje irei falar de uma cantora que gosto muito: Feist e de uma das músicas que gosto dessa cantora.

Leslie Feist Nasceu em Amherst, Nova Scotia. Aos 15 anos, iniciou-se na música. A moça fundou e era a vocalista de uma banda punk de Calgary, chamada Placebo (não confundir com a famosa banda inglesa, Placebo). O grupo venceu um concurso de bandas local e recebeu como prêmio o direito de tocar num show cuja atração principal eram os Ramones. Em 1998, a cantora mudou-se de Calgary para Toronto. No ano seguinte, tornou-se guitarrista da banda By Divine Right e lançou o seu álbum primeiro álbum solo Monarch (Lay Your Jewelled Head Down).

Em 2000, Feist mudou-se para um apartamento na Queen street West e apareceu como vocalista convidado em The Teaches of Peaches. Também conheceu o músico Gonzales durante este tempo. Enquanto esteve na Europa colaborou com o duo de Noruegueses Kings of Convenience como vocalista convidada no álbum Riot on a Empty Street. Ela também aparece no álbum de The New Deal's, Gone Gone Gone de 2003, e no álbum de Apostle of Hustle's Folkloric Feel de 2004.

Feist gravou o seu segundo álbum a solo, Let It Die, em Paris em 2002 e 2003. Este álbum continha uma combinação de jazz, bossa nova e indie rock, foi aplaudido como um dos melhores álbuns pop do Canadá de 2004 e atraiu uma significante audiência internacional. Nas gravações e nas performances, Feist tocou com uma Guild Starfire 1965 que a ajudou no tom de jazz.

No início de 2006, Feist voltou à Europa para gravar o álbum sucessor de Let It Die com Gonzales, Mocky, Jamie Lidell, and Renaud Letang. O terceiro álbum solo de Feist, The Reminder, foi lançado em 23 de Abril de 2007 na Europa, e foi lançado em 1 de Maio no Canadá, nos EUA e no resto do Mundo.
Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Leslie_Feist

Agora que falamos um pouco sobre essa cantora, confira a playlist dela no Spotify!



Still True

I like my covers to be heavy
So I don't get cold when I sleep
My love affairs always seem unsteady
And I never go half-way when I weep

Take me anywhere
With you
Take me in your care
With you
Take me anywhere
With you
Take me anywhere
With you
I'm still true

Take on my spine and spit shine it
Pull on my heart and unwind it
Fold my wings back off my shoulderblades
And peel me

Take me anywhere
With you
Take me anywhere
With you
Take me anywhere
With you
Take me anywhere
With you

Take me anywhere
With you
Take me anywhere
With you
Take me anywhere
With you
Take me anywhere
With you

Still true


Espero que tenham gostado e até a próxima!

Me Acompanhe também:

Facebook | Instagram | Twitter | Pinterest
5 de março de 2018

As Músicas mais Tocadas em 2017

As Músicas mais Tocadas em 2017, playlist, music, música internacional


Olá pessoal, como estão? Hoje irei trazer as músicas mais tocadas no meu Spotify em 2017! Sei que estou um pouco atrasada em relação a isso, mas só agora tive um pouco de tempo para parar e separar as músicas e criar a playlist.

Espero que vocês curtam e gostem dessa playlist de flashback. Ao todo são quase 100 lindas músicas que marcaram meu ano de uma forma muito boa, cada uma é um momento da minha vida. Então vamos à playlist.



Bom, por hoje é só. Espero que tenham gostado, um beijão e até a próxima!


Me Acompanhe também: 
27 de novembro de 2017

Playlist de Outubro e Novembro

Playlist de Outubro e Novembro

Olá Pessoal, Como estão? Para mim esses últimos meses estão super corridos, não sei se é por ser próximo ao fim do ano, mas que está corrido, isso está! E para conseguir me concentrar e acalmar tenho escutado algumas músicas bem legais que hoje trago nessa playlist!

Resolvi condensar em dois meses de música, pois estou praticamente escutando as mesmas desde Outubro. Ou seja, realmente gostei das músicas que escolhi para esses meses, são poucas músicas, mas são as que mais mexem comigo.

De todas as músicas apresentadas aqui, as que mais me chamam a atenção e representam o que está se passando na minha vida, são as de violoncelo. Vocês curtem esse estilo? Pois, descobri artistas super legais!

Bom, não sei se vocês conhecem algumas músicas daqui, pois não encontrei alguém como os mesmos gostos, mas nunca se sabe, não é? Então, por hoje é só, deixo vocês se deliciando com a minha playlist no Spotify!




Espero que tenham gostado. Beijos e até a próxima.


Me Acompanhe também:

25 de setembro de 2017

Minha playlist de Agosto e Setembro no Spotify

Minha playlist de Agosto e Setembro no Spotify

Bom dia, meus leitores! Como estão? Esse mês trouxe um pouco da minha playlist do mês, ou algumas músicas,que ando escutando bastante no spotify. Como sempre, eu trago algumas músicas um pouco diferentes da maioria das blogueiras, normalmente novas bandas e músicas que encontro por aí.

Esse mês vai ser um pouco diferente, não será apenas uma playlist, resolvi trazer também um pouco mais dos artistas que venho acompanhando. Espero que gostem, então vamos a nossa lista!

Um artista que ando escutando bastante é o Luc Arbogast, ele tem uma voz única, consegue cantar ao mesmo tempo com uma voz feminina e com voz masculina. Me apaixonei por ele e a música que mais gosto é a Vox Clamantis. Segue a playlist do artista:



O próximo artista é o Dry the River, uma ótima banda com músicas maravilhosas e relaxantes. Uma música que adoro é a Vessel.



E por último andei escutando bastante a música om hundrede år er alting glemt da banda Lumsk. Essa música é perfeita e é um poema de Knut Hamsun (1859-1952). Segue a playlist


Bom, pessoal, essa são as músicas que mais fizeram sucesso por aqui nos meses de agosto e setembro! Gostaram de playlist? Já conheciam alguma dessas bandas?

Espero que tenham gostado e curtido! Beijos e até a próxima!

Quem Sou Eu

Beatriz, 34 anos, Aquariana, viciada por batons, fotografia, livros, viagens, moda e tudo que envolva este universo feminino. Maiores sonhos: Viajar e conhecer novos lugares!

Arquivos do Blog

Facebook

@b_shainavisualdesing

Pesquisar

Google+ Badge

Seguidores

Favoritos

Visualizacoes

Onde me Encontrar

Follow


Me Siga no Instagram @biashaina